KOCÓ DO LORDÃO É AGRACIADO COM A COMENDA 2 DE JULHO

KOCÓ DO LORDÃO É AGRACIADO COM A COMENDA 2 DE JULHO

| Tonet | Blog
"O Rei da Festa", Kocó do Lordão recebe comenda 2 de Julho em Salvador (foto : reprodução)

Tonet por Tonet

Tonet por Tonet

Em sessão especial a Assembleia Legislativa da Bahia, concedeu a Comenda 2 de Julho ao cantor Clovis Figueiredo Leite, o Kocó do Lordão. A proposta foi  assinada pelo deputado Fabricio Pancadinha (SD) que ressaltou o trabalho do músico não só como o artista de um talento indiscutível, mas também pelo ser humano que é fora dos palcos. O deputado disse que ele foi uma das muitas pessoas que Kocó estendeu a mão para ajudar ao longo dessas décadas, porque acreditou no trabalho dele, incentivando a chegar onde está hoje. “Quando se fala em Kocó do Lordão, não podemos deixar de lembrar da sua responsabilidade social, pois está sempre abraçando as campanhas e instituições que têm o compromisso de ajudar o próximo”, reforçou.

Parlamentares, secretários de Estado, prefeitos, diretores de instituições, amigos, parentes, artistas e fãs prestigiaram a homenagem ao líder da banda de baile que realiza shows nos municípios e anima festas em clubes sociais, ultrapassando gerações na Bahia com o lançamento de hits memoráveis.

ETERNA GRATIDÃO

Kocó nasceu no Rio de Janeiro, veio para Salvador na década de 60 e chegou à Itabuna em 1972 para fazer história. Formado em Administração, o vocalista e diretor musical é também fundador do Lordão, uma banda baile que, nos anos 80 e 90, tocava diferentes ritmos em municípios do interior, sempre com a presença maciça de grandes públicos. Ao lado da esposa Sônia Leite, do filho Marcus Vinícius, e dos netos Maria, Rauani e João Humberto, o artista Kocó do Lordão foi agraciado com a mais alta honraria da Casa do Povo.

Em seu discurso, Kocó agradeceu à família, citou Gilberto Gil e confessou que a Bahia lhe enche de alegria. Destacou ainda que, ao receber a notícia do seu nome para a Comenda 2 de Julho, com apoio unânime dos parlamentares, ficou extremamente feliz. “Meu coração bateu em um ritmo acelerado de contentamento e me fez, ao mesmo tempo, tomar consciência do quanto ainda tenho que fazer para dignificar com a minha vida tudo que a Bahia me concedeu”, manifestou o líder do Lordão, reforçando seu amor incondicional pela nossa terra. Ele garantiu ainda que se associava aos quase 15 milhões de baianos que mantém vivo no dia a dia o espírito guerreiro, a coragem, a força dos heróis da Independência do Brasil na Bahia. “Minha eterna gratidão à Bahia. Vou te amar pra valer!”, finalizou o músico, que pediu mais justiça, concórdia e amor, cantando o Hino do Senhor do Bonfim.

Leia também

© Copyright 2015 / 2022   |   Blog da Tonet   |   Todos os direitos reservados.
By um2Marketing

Blog da Tonet
© Copyright 2015 / 2022
Todos os direitos reservados.
By um2Marketing