REORDENAMENTO

É preciso que haja uma conscientização de que a cidade é de todos. E não de 60 ou 70 pessoas. Ninguém é contra o comércio informal. Mas tem que ter ordem, disciplina, regras. O patrimônio público não pertence aos camelôs. O comércio ambulante pode existir, mas em ambientes adequados supervisionados pelo poder público.

© Copyright 2017 Blog da Tonet   |   Todos os direitos reservados.